16 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
13/10/21 às 8h51 - Atualizado em 13/10/21 às 8h51

Pista marginal do viaduto do Recanto das Emas liberada

COMPARTILHAR

Via que margeia a DF-001 no sentido Gama/Santa Maria é aberta aos veículos. Obra atingiu 45% de execução e aliviará o intenso trânsito na região

RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: SAULO MORENO
Com 45% dos serviços do Viaduto do Recanto da Emas executados, o fluxo de veículos no local ganha mais fluidez a partir da liberação da via marginal no sentido Gama/Santa Maria | Fotos: Renato Araújo/Agência Brasília

A construção do Viaduto do Recanto das Emas dará mais um passo importante neste fim de semana: a conclusão da via marginal à rodovia DF-001 no sentido Gama/Santa Maria. Com 1,3 km de extensão, a pista está sendo liberada para o fluxo de veículos hoje (9) e contribuirá para o avanço das obras. O elevado atingiu agora em outubro 45% de execução.

A marginal do lado do Riacho Fundo II foi a primeira a ficar pronta e o trânsito no sentido Samambaia foi alterado. Agora, o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) libera a via feita do outro lado, do Recanto das Emas, após o fim da pavimentação e sinalização. Assim, será intensificada a escavação da trincheira por onde vão passar os carros na parte de baixo dos viadutos.

Além de uma passagem segura e com qualidade para a população das duas cidades, o elevado também vai beneficiar moradores do Riacho Fundo, Samambaia, Gama, Santa Maria e municípios do entorno

Segundo o engenheiro do DER e fiscal da obra, Eli Câmara, a expectativa é que o tráfego melhore na região . “Quando liberamos a primeira marginal, do lado do Riacho Fundo 2, o trânsito já deu uma boa melhorada. Agora, não será diferente”, aposta. “E vale lembrar que as marginais não são desvios, mas fazem parte de todo o conjunto da obra”, pontua Eli.

Com investimento de R$ 30,9 milhões, provenientes de recursos do Governo do Distrito Federal (GDF), a construção do viaduto deve durar um ano e gera cerca de 400 empregos. Um consórcio de empresas terceirizadas executa as reformas desde maio. Segundo o engenheiro, a concretagem da laje já se inicia na próxima semana.

O local, por onde circulam cerca de 60 mil veículos todos os dias, passará por uma transformação. Hoje, a entrada e saída de veículos tanto do Recanto quanto do Riacho Fundo II é feita por um balão e gera enormes engarrafamentos.

Além de uma passagem segura e com qualidade para a população das duas cidades, o elevado também vai beneficiar moradores do Riacho Fundo, Samambaia, Gama, Santa Maria e municípios do entorno.

Empolgação dos moradores

Administradora do Riacho Fundo II, Ana Maria Silva ressalta que trata-se de uma melhoria esperada há mais de dez anos pela população. “A gente percebe que, desde a inauguração da via marginal, os moradores se empolgaram e ganharam qualidade de vida”, observa.

“O pessoal do Condomínio 4 inclusive começou a cuidar das margens da rodovia e limpar a sujeira que ficava ali próxima aos muros do conjunto habitacional. Foi muito positivo”, alegra-se a gestora.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros