15 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
15/02/24 às 16h46 - Atualizado em 15/02/24 às 16h46

Projeto Comunicador do Futuro abre inscrições para cursos gratuitos no Riacho Fundo

COMPARTILHAR

As oficinas serão realizadas em uma carreta itinerante ao lado da Administração Regional do Riacho Fundo II

O Projeto Comunicador do Futuro, após o sucesso em Ceilândia, chega ao Riacho Fundo com a oferta de  cursos gratuitos nas áreas de fotografia, audiovisual, redes sociais e operador de áudio. A iniciativa busca capacitar os moradores locais em setores de fácil acesso ao mercado de trabalho cultural e tradicional.

Com início marcado para o próximo dia 19, o projeto disponibilizará 120 vagas, distribuídas entre as quatro modalidades de cursos. As inscrições estão abertas para jovens a partir de 16 anos e podem ser realizadas no site oficial do projeto: comunicadordofuturo.com.br.

Além do Riacho Fundo, as oficinas serão realizadas em uma carreta itinerante nas cidades de São Sebastião e Estrutural, atendendo à demanda da população.
A proposta do Projeto Comunicador do Futuro visa impulsionar políticas públicas que garantam igualdade de oportunidades a comunidades carentes, identificando ações que despertem o interesse de artistas e produtores culturais, promovendo a profissionalização desses atores.
O idealizador do projeto e presidente da Associação de Radiodifusão Comunitária no Distrito Federal (Abraço), Divino Cândido, destaca a importância da iniciativa: "O projeto surgiu por uma necessidade do mercado de trabalho. Estamos trazendo uma dinâmica de formação para os jovens, dando oportunidade para eles ampliarem suas chances nesses campos que estão avançando cada vez mais e precisando de pessoas qualificadas para trabalharem."

Público-alvo
O público-alvo principal são jovens em idade escolar e adultos dessas comunidades, proporcionando condições para superar a falta de acesso a equipamentos públicos culturais e qualificação. As cidades foram escolhidas considerando o baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a vulnerabilidade social, especialmente entre os jovens.
A correalizadora do projeto e diretora presidente do Instituto Rede Solidária, Dilma Imai, enfatiza: "Como nós trabalhamos com os jovens nas periferias, identificamos as cidades onde havia uma necessidade grande para levar esse projeto. Ele veio para agregar conhecimento, tirar os jovens da ociosidade e até mesmo ajudar a inseri-los no mercado de trabalho".


Idosos no mercado de trabalho
A sociedade muitas vezes subestima a contribuição que os idosos podem oferecer ao mundo profissional, mas Ceilândia demonstrou que a diversidade etária é um ativo inexplorado.
Os idosos que se envolveram na iniciativa não apenas adquiriram habilidades modernas de comunicação, mas também internalizaram a crença fundamental de que há espaço para todos no mercado de trabalho.
O movimento Comunicador do Futuro destaca que, independentemente da idade, todos têm algo único a oferecer.

Local e horário
Os cursos serão ministrados em uma carreta itinerante ao lado da Administração Regional do Riacho Fundo II. Serão quatro turmas por turno, distribuídas da seguinte forma:
Sala 01
8h às 10h: Fotografia
10h às 12h: Audiovisual
14h às 16h: Redes Sociais
16h às 18h: Operador de Áudio

Sala 02
8h às 10h: Operador de Áudio
10h as 12h: Redes Sociais
14h às 16h: Fotografia
16h às 18h: Audiovisual

Para mais informações e inscrições, acesse o site oficial do Projeto Comunicador do Futuro, comunicadordofuturo.com.br.
Serviço: Comunicador do Futuro
Data: 19 de fevereiro a 15 de março
Horário: De 8h às 18h
Local: Quadradão Cultural – Riacho Fundo II
Realização: Associação de Radiodifusão Comunitária no Distrito Federal (ABRAÇO – DF), a Organização Celebrante e o Instituto Rede Solidária (IRES – DF).

Apoio: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

Mapa do site Dúvidas frequentes